Cristiano entrevista: Matheus Rocca

19:27

Olá! Mais uma entrevista da tag Blogueiros do Brasil. Nosso entrevistado de hoje é o Matheus Rocca, editor do blog It Brazilian Boy.
Matheus foi o pioneiro na capital gaúcha, Porto Alegre, com o site de moda e comportamento masculino, It Brazilian Boy. Iniciado o projeto aos 15 anos de uma maneira completamente despretensiosa, hoje ele ministra palestras em escolas públicas e privadas do estado apresentando toda a sua trajetória com o site, incentivando jovens a criarem o seu projeto visando o futuro profissional. Além disso, é uma figura carimbada em eventos de moda pelo Rio Grande do Sul. Matheus foi colaborador da revista online Manual, de Paulo Fraga, falando sobre o comportamento masculino refletido na moda. Hoje ele é colunista de comportamento juvenil na Revista Colegial, que publica materiais impressos e online, além de fazer curadoria de moda para outros veículos. Aos 18 anos e com um foco muito comportamental, o It Boy gaúcho ainda quer conquistar o mundo. 



CN: Você criou o blog com que objetivo? 

MR: Quando eu criei o It Brazilian Boy eu tinha a intenção de compartilhar aquilo que para mim era moda, com as pessoas. Meus amigos me cobravam muito isso, eles insistiam para eu criar uma plataforma que vinculasse o assunto. Então quando o ITBRBOY foi ao ar ele falava sobre moda de uma forma mais abrangente. Hoje, com mais estudo sobre o assunto e com uma propriedade maior para gerar esse tipo de informação, o site se tornou o pioneiro na capital gaúcha a falar exclusivamente sobre moda e comportamento masculino, uma vez que um complementa o outro. 

CN: Por que ''It Brazilian Boy''? 

MR: É engraçado isso, porque lá em 2011 quando eu ainda montava todo o projeto do ITBRBOY, começava-se a se falar em IT Girls, e a palavra IT Boy era pouquíssima usada no meio. Foi aí, que conversando com o meu pai chegamos ao seguinte resultado: IT Brazilian Boy (ou ITBRBOY para os íntimos), que nada mais é do que a representação do estilo do homem brasileiro, e está em inglês porque fica mais fácil de pegar o nome completo ou o reduzido, era melhor para se divulgar.

CN: Qual o diferencial do seu blog?

MR: Isso é uma pergunta muito pessoal sabia? (risos) Olha, acho que cada trabalho é um trabalho, e o IT Brazilian Boy é um espaço pioneiro na capital gaúcha, justamente com a ideia de compartilhar informação de moda, cultura, lazer e arte. Hoje, falo muito mais da parte comportamental da moda do que a parte física dela, como outros veículos optam por fazer. Aprendi, durante os cursos que frequentei, que moda também é comportamento. Por isso, eu procuro trazer essa visão mais pessoal sobre o que é moda para mim. 



CN: O que é Moda pra você?

MR: Moda para mim é a forma como nos expressamos ao mundo, como queremos que ele nos enxergue, como buscamos representar aquilo que sentimos ou gostaríamos de sentir. Moda, sem sombra de dúvidas, é comportamento.

CN: Qual a diferença entre Estilo e Elegância?

MR: Uma vez me perguntaram isso, e eu penso que estilo é a maneira como você enxerga cada situação em sua vida. Já elegância é algo que transcende o querer. Elegância é algo tão íntimo, tão natural, que sai pelo poros. É algo que vem da natureza do ser, independente da classe social que ele seja oriundo.  

CN: Como você define seu estilo?

MR: Não tenho uma palavra definida para ele, porque eu gosto de me sentir bem. Uso muita cor nos meus looks, mas gosto de optar por um color blocking mais neutro também. Amo acessórios, como anéis, colares, chapéus e relógios. Além das inseparáveis clutchs e bolsas. Curto uma boa alfaiataria, mas não ignoro algumas peças mais modernas. Tênis para mim é lei, mas gosto de sapatos sociais e alpargatas. E às vezes misturo tudo isso. (risos)



CN: Quais os teus maiores ícones do mundo da moda? 

MR: Na moda, Francesco Cominelli foi um grande formador de opinião e uma das minhas maiores referências sempre! Mas gosto muito de Simone Marchetti, Ricardo Tisci, Heidi Slimane, Tom Ford e Pedro Lourenço. Acompanho inúmeros blogs diariamente e o Street Style (gaúcho ou mundial) são ótimas referências. 

CN: Quais peças não podem faltar no seu guarda-roupa?

MR: Não sei se eu tenho "peças que não podem faltar no meu guarda-roupa", mas tenho algumas peças que eu tenho um carinho enorme e que não me desfaço por nada desse universo. Gosto sempre de comentar que eu ganhei um presente "herança" dos meus tios paternos, um conjunto do traje que este mesmo tio usou no seu casamento com a minha tia. É um corte de Alfaiataria da Renner, quando ela ainda produzia peças sob medida. Um clássico nacional. Depois, tenho um sobretudo verde militar que era do meu pai quando ele trabalhava nos bombeiros. Sobre algumas peças chaves, acho que camisa social é algo que não pode faltar no guarda-roupa masculino, seja ela lisa ou estampada, curta ou longa. Calça preta, tênis branco, blazer e chapéus, são os meus queridinhos, reconheço.  

Algumas perguntas pessoais:

Uma música? 

Lights – Suspension. É mágica, acreditem. 

Um livro? 

Um Porto Seguro de Nicholas Sparks, nunca chorei tanto com uma história como essa, é lindo.

Uma frase?

“Quem acredita Sempre Alcança!” Renato Russo.

Uma cor?

Lapis Lazuli é o meu tom favorito de azul. 

Uma Rede Social?

Facebook, com certeza. 

You Might Also Like

0 comentários

Postagens populares

Alagoas Fashion no Facebook!

Atenção

Muitas das imagens contidas neste blog vem de fontes
diversas, e muitas não autorizadas.. Se alguma foto de sua autoria estiver neste blog e você desejar sua remoção, entre em contato pelo e-mail: alagoasfashion@gmail.com .

Atenciosamente, Equipe Alagoas Fashion.

Subscribe